Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



almas ameríndias, polifonias e "A Missão"

por Paulo Pinto, em 29.11.13

Pergunta 78: "É verdade que se acreditava que os ameríndios não tinham alma?" (pp. 242-245). Diz-se a certa altura por lá que "O exemplar mais antigo de polifonia vocal publicada no Novo Mundo (no Peru) é de 1631: chama-se “Hanac Pachap” e é uma oração em louvor à Virgem, em língua quechua, «para que a cantem os cantores nas suas procissões, ao entrar na igreja»". Para quem estiver interessado em ouvir, coloquei a música no Jugular há uns tempos, com um textozinho explicativo. O link que lá consta está inativo, mas está aqui outro. E quem quiser conhecer a obra em causa, o Ritual formulario, e institucion de curas, para administrar a los naturales de este reyno, los santos sacramentos del baptismo, confirmacion, eucaristia, y viatico, penitencia, extremauncion, y matrimonio, : con aduertencias muy necessarias. Por el bachiller Iuan Perez Bocanegra, presbitero, en la lengua quechua general: examinador en ella, y en la aymara, en este obispado. Beneficiado propietario del pueblo de San Pedro de Antahuaylla la chica, basta ir ao livro e procurar na pág. 326, nota 30 (pronto, pronto, é este).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:59




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D